VOLTAR VER TODAS

COMO A LEI GERAL DE PROTEÇÃO DE DADOS FACILITARÁ O COMÉRCIO INTERNACIONAL BRASILEIRO?

11/29/2018

A PRESCRIÇÃO DA AÇÃO DE RECUPERAÇÃO DE DANO CONCORRENCIAL

11/26/2018

COMÉRCIO EXTERIOR E ELEIÇÕES

10/27/2018

UNILEVER CONDENADA NO CADE POR IMPOSIÇÃO DE RESTRIÇÕES VERTICAIS (PRÁTICAS DE EXCLUSIVIDADE)

10/24/2018

NOVAS REGRAS PARA A CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA

09/17/2018

PRINCIPAIS PONTOS DA LEI GERAL DE PROTEÇÃO DE DADOS

08/17/2018

A FUTURA LEI GERAL DE PROTEÇÃO DADOS BRASILEIRA

06/27/2018

O STATUS DA CHINA COMO ECONOMIA DE MERCADO PARA FINS DE DEFESA COMERCIAL

05/25/2018

O BRASIL E A OCDE: INTEGRAÇÃO POSSÍVEL?

04/20/2018

REVISÃO DE DECISÃO POR FALTA DE INDIVIDUALIZAÇÃO DA CONDUTA

01/24/2018

O CADE E O PODER JUDICIÁRIO: ATOS VINCULADOS

12/22/2017

CONSELHEIROS INDEPENDENTES E CONTROLE ANTITRUSTE

11/23/2017

MULTAS DO CADE: DOIS PROJETOS E VANTAGEM AUFERIDA

10/16/2017

AS MULTAS DO CADE E SEUS LIMITES

08/14/2017

ACORDOS DE CODESHARE DEIXAM DE SER CONTRATOS ASSOCIATIVOS

06/30/2017

A LIVRE INICIATIVA E OS PREÇOS DOS COMBUSTÍVEIS

06/01/2017

DÚVIDAS NA APLICAÇÃO DAS MULTAS DO CADE

04/26/2017

DENÚNCIA ANÔNIMA E CARTEL: EUROPA E BRASIL

04/26/2017

RAMO DE ATIVIDADE E O (DES)USO DA RESOLUÇÃO N. 3/2012

11/28/2016

A PIPOCA E O DIREITO

10/28/2016

O CADE E A INFRAÇÃO DE GUN JUMPING

09/23/2016

NOVO GUIA DE ATOS DE CONCENTRAÇÃO HORIZONTAL DO CADE

08/30/2016

RESERVAS DE HOTÉIS E ANTITRUSTE

07/22/2016

O EMPRÉSTIMO DA PROVA NO PROCESSO ADMINISTRATIVO

07/11/2016

NÃO HÁ UBERPOLÊMICA CONCORRENCIAL

05/23/2016

CARTÉIS E DEFINIÇÃO DE MERCADO

04/15/2016

PERÍCIA NO PROCESSO NO CADE DEVE FICAR MAIS SIMPLES E ACESSÍVEL

02/14/2016

RESPONSABILIDADE CONCORRENCIAL: OBJETIVA OU SUBJETIVA?

11/30/2015

O CASO DOS ELETRODOS DE GRAFITE – UM ACORDO NO LIMBO

11/16/2015

REMÉDIOS EM ATOS DE CONCENTRAÇÃO

10/06/2015

ATOS DE CONCENTRAÇÃO: CADE PODE EXIGIR NOTIFICAÇÃO DO QUE NÃO É NOTIFICÁVEL

07/27/2015

COMPLIANCE – UMA VISÃO AMERICANA

07/01/2015
São Paulo 14.12.2018
PUBLICAÇÕES
Escritório
Al. Santos, 787, 8º andar
São Paulo/SP - Brasil - 01419-001

EXPECIALIZADO.
INOVADOR.
EXPERIENTE.

 

GCA – GRINBERG CORDOVIL ADVOGADOS é um escritório que nasceu com experiência.

Profissionais que já trabalhavam juntos em reconhecidas bancas de advocacia criaram o GCA com um único objetivo: prestar serviços especializados de alta qualidade técnica para oferecer soluções inovadoras a problemas jurídicos de clientes nacionais e internacionais.

Somos especializados.   Atuamos em áreas específicas do direito, o que nos permite investir em qualidade. Somos mestres nos temas com os quais trabalhamos, literalmente. Valorizamos a excelência técnica, a capacitação profissional de nosso time e nos dedicamos para estar sempre atualizados. Como resultado, somos advogados capacitados e treinados com a melhor e a mais atual técnica para solucionar quaisquer temas dentro das nossas áreas de atuação.

Somos inovadores.   A dinâmica do mercado dos nossos dias impõe criatividade. Cada questão é singular, cada problema é único. Respondemos à esta realidade com soluções personalizadas, tailor-made. Para isso buscamos sólida parceria com nossos clientes. Ao conhecer seu mundo, seus valores, seu mercado, temos ferramentas para criar respostas novas e originais.

Somos experientes.   Atuar no direito é considerar sua história, seus precedentes. A experiência de nosso time nos permite dizer que ajudamos e temos permanentemente ajudado na construção das áreas em que trabalhamos. Nossa experiência também nos possibilita saber o que fazer e como fazer. Por sermos experientes, somos diretos e objetivos, garantindo a melhor resposta aos nossos clientes.